Home News A demência precoce muitas vezes apresenta um sinal de alerta surpreendente, diz...

A demência precoce muitas vezes apresenta um sinal de alerta surpreendente, diz o relatório: ‘Consequências financeiras’

21
0


Cadastre-se na Fox News para ter acesso a este conteúdo

Além de acesso especial a artigos selecionados e outros conteúdos premium com sua conta – gratuitamente.

Ao inserir seu e-mail e clicar em continuar, você concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade da Fox News, que inclui nosso Aviso de Incentivo Financeiro.

Por favor insira um endereço de e-mail válido.

A demência tem um custo elevado para as famílias que afecta – emocional e fisicamente e até financeiramente.

Em muitos casos, o impacto nas finanças é um dos primeiros sinais da doença, de acordo com um novo relatório da Reserva Federal de Nova Iorque.

Ao analisar 17 anos de dados de agências de crédito ao consumo e bases de dados do Medicare, os investigadores descobriram que um declínio nas pontuações de crédito e um aumento nos atrasos nos pagamentos são frequentemente observados nos cinco anos anteriores ao diagnóstico de doença de Alzheimer e distúrbios relacionados (ADRD).

ALZHEIMER DO LADO MATERNO DA FAMÍLIA PODE AUMENTAR O RISCO DE DOENÇA, DESCOBRIU ESTUDO

Aqueles nas fases iniciais da demência também podem acumular dívidas maiores, abrir novas contas de crédito e utilizar vários tipos de crédito.

“Considerando a progressão típica da doença, estes resultados apontam para consequências financeiras da doença nas suas fases iniciais, quando os sintomas são tipicamente ligeiros e pouco aparentes”, escreveram os investigadores.

Em muitos casos, um impacto negativo nas finanças é um dos primeiros sinais da doença, de acordo com um novo relatório. (iStock)

“As consequências financeiras da ADRD antes do diagnóstico aumentam constantemente ao longo do tempo.”

Isto é particularmente preocupante dado que adultos mais velhos As pessoas com demência provavelmente enfrentarão custos substanciais com cuidados e outras despesas relacionadas, observou o relatório.

APÓS O DEBATE ‘TERRÍVEL’ DE BIDEN, ESPECIALISTAS EM SAÚDE AVISAM SOBRE OS PERIGOS DA NEGAÇÃO, CHAMAM PARA INVESTIGAÇÃO DE SINTOMAS

Monica Moreno, diretora sênior de atendimento e apoio da Associação de Alzheimer em Chicago, disse que o novo relatório confirma o que os especialistas já sabiam – que os desafios na gerenciando dinheiro ou finanças pessoais são sinais comuns de alerta precoce de demência.

“Embora existam vários sinais ou sintomas de demência, os desafios na resolução de problemas ou no planeamento podem fazer com que uma pessoa administre mal as suas finanças”, disse Moreno, que não esteve envolvido no relatório do Fed de Nova Iorque, à Fox News Digital por e-mail.

“Outros sintomas relacionados com a demência, incluindo julgamento diminuído ou deficiente e dificuldade em completar tarefas familiares, também podem afectar negativamente a gestão do dinheiro ou as finanças pessoais”.

“O indivíduo pode ter pilhas de contas não abertas ou estar gastando uma quantia excessiva de dinheiro”.

No início da doença, as pessoas podem ter dificuldades com tarefas mais complicadas, como gerir investimentos ou tomar decisões sobre grandes compras, observou Moreno.

“Como a demência é frequentemente uma condição progressiva, estes desafios aumentarão ao longo do tempo”, disse ela. “É importante para membros da família identificar precocemente esses sinais potenciais e intervir o mais rápido possível.”

Sinais de alerta comuns

Alguns sinais comuns a serem observados incluem a incapacidade de equilibrar uma conta corrente ou atrasos nos pagamentos em cartões de crédito ou outras contas mensais, disse Moreno.

“O indivíduo também pode ter pilhas de contas não abertas ou estar gastando uma quantia excessiva de dinheiro”, disse ela.

Alguns sinais comuns a serem observados incluem a incapacidade de equilibrar uma conta corrente ou atrasos consistentes nos pagamentos de cartões de crédito ou outras contas mensais, disse um especialista. (iStock)

As pessoas que vivem com demência também são mais suscetíveis a abusos financeiros, roubo de identidade, fraude ou esquemas de enriquecimento rápido.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO NOSSO NEWSLETTER DE SAÚDE

“A incapacidade de resolver estes problemas ou ameaças potenciais pode colocar os indivíduos que vivem com demência em grande risco financeiro”, alertou Moreno.

5 maneiras pelas quais as famílias podem ajudar

“Se você sentir que um membro da família apresenta sinais de demência, é importante compartilhar suas preocupações e conversar com um profissional de saúde”, disse Moreno. “O diagnóstico precoce da demência oferece a melhor oportunidade para implementar salvaguardas financeiras.”

Para aqueles cujos entes queridos estão tendo dificuldade em administrar suas finanças, a Associação de Alzheimer compartilhou as dicas e estratégias a seguir com a Fox News Digital.

1. Discuta com a pessoa como um confiável membro da família ou um amigo pode ajudar no pagamento de contas ou na configuração do faturamento automático para evitar atrasos nos pagamentos.

MANUAL DO CUIDADOR DE ALZHEIMER: AQUI ESTÃO DICAS E TÉCNICAS DE ESPECIALISTAS PARA AQUELES QUE TENDEM PACIENTES COM DEMÊNCIA

2. Crie uma conta separada onde você possa manter uma pequena quantia de dinheiro combinada que a pessoa poderá usar para atividades recreativas, refeições com amigos ou outras compras pessoais.

3. Cadastre-se para receber notificações automáticas de saques de contas bancárias ou grandes cobranças em cartões de crédito. Se você definir uma cobrança ou limite de gastos e a pessoa gastar mais do que isso, o banco ou a administradora do cartão de crédito avisarão você.

As pessoas que vivem com demência também são mais suscetíveis a abusos financeiros, roubo de identidade, fraude ou esquemas de enriquecimento rápido, alertam os especialistas. (iStock)

4. Solicite extratos bancários eletrônicos e de cartão de crédito e fique atento a compras incomuns ou mudanças na forma como a pessoa normalmente gasta o dinheiro.

5. Inscreva-se na lista “Não ligue” em donotcall.gov para se proteger contra chamadas de telemarketing e possíveis golpes telefônicos.

É sempre melhor conversar sobre como administrar as finanças o mais cedo possível, aconselhou Moreno.

Para mais artigos sobre saúde, visite www.foxnews/saúde.

“Nos estágios iniciais da doença de Alzheimer, as pessoas são mais propensas a compreender a importância dessas questões e das atividades suspeitas a serem evitadas”, disse ela.

“Se você esperar, esses conceitos serão mais difíceis de compreender à medida que as memórias de seus parentes e outras habilidades de funcionamento executivo diminuem”.

CLIQUE AQUI PARA OBTER O APLICATIVO FOX NEWS

A Fox News Digital entrou em contato com os pesquisadores do Federal Reserve de Nova York solicitando comentários.



Source link