Home News ‘Largados’ no deserto: casal brasileiro é roubado no Peru e precisa andar...

‘Largados’ no deserto: casal brasileiro é roubado no Peru e precisa andar por 5 horas para conseguir ajuda

19
0


Relato de momentos de tensão no Cânion de los Perdidos viralizou nas redes sociais

11 de julho
2024
– 15h03

(atualizado às 15h03)




Turistas brasileiros relatam momentos de tensão no Peru

Turistas brasileiros relatam momentos de tensão no Peru

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um casal brasileiro viralizou ao relatar momentos de tensão em uma viagem ao Peru. Isso porque os turistas faziam um passeio pelo Cânion de los Perdidos quando descobriram que a van que levava o grupo foi roubada. Foi então que o perrengue começou. Eles precisaram andar 25 quilômetros no deserto sem sinal de telefone até encontrar ajuda, quase 6 horas depois.

O relato do casal Andressa Alexandre e Paulo Ricardo da Cruz foi publicado no último domingo, 7, e repercutiu nas redes sociais. No entanto, o caso aconteceu em maio. Dois meses depois, Andressa resolveu compartilhar a experiência no perfil que mantém com o marido para dar dicas de viagem.

Segundo ela, o casal fazia um ‘mochilão’ pelo Peru quando decidiu fazer o passeio no Cânion de los Perdidos, localizado em um deserto na província de Ica. Para isso, eles planejaram a visita junto a um grupo de turistas.

Todos chegaram em duas vans fretadas e o passeio turístico parecia ir bem. Foi quando eles descobriram que, durante a saída, um dos veículos foi roubado e outro teve a bateria retirada por assaltantes. Todos os pertences dos turistas que estavam dentro do automóvel também foram levados.



Casal compartilha dicas de viagem nas redes sociais

Casal compartilha dicas de viagem nas redes sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Sem carro para voltar, o grupo se viu a pé e sem conexão no “meio do nada”, como conta Andressa. “Não existia nenhum morador, sinal de internet ou forma de se comunicar”, explicou no vídeo que publicou no TikTok.

A saída, então, foi andar para tentar encontrar sinal de telefone e entrar em contato com a agência de viagens responsável pelo passeio. A tarefa, porém, não foi fácil. O grupo caminhou 25 quilômetros por cerca de 5 horas, até conseguir falar com alguém por celular. No vídeo, Andressa aparece emocionada: “não acredito que vou para casa”, comemorou.

Porém, a ajuda demorou a chegar. A turista conta que o primeiro carro resgatou as pessoas mais cansadas e machucadas do grupo, deixando água para o restante se hidratar. “Disseram para a gente continuar andando e esperando, que viria mais ajuda”, relembra.

Quando o casal finalmente foi resgatado, faltavam apenas 20 minutos para escurecer, conforme o relato de Andressa. Depois de toda ‘dor de cabeça’ e cansaço, eles ainda tiveram que prestar depoimento sobre o crime. “Finalizamos o dia com horas na delegacia e completo descaso dos policiais”, relata.

Confira relato:

@praladafronteira Uma situação assustadora durante a nossa última viagem e que fica de alerta para quem deseja conhecer esse lugar! #Peru #peru🇵🇪 #huacachina #huacachina_ica #ica #canyondelosperdidos #viagemperu ♬ Suspense, terror, piano e caixa de música – takaya





Source link