Home News O vídeo viral do TikTok revela o que o ex-oficial da CIA...

O vídeo viral do TikTok revela o que o ex-oficial da CIA poderia ou não contar aos namorados

28
0


Cadastre-se na Fox News para ter acesso a este conteúdo

Além de acesso especial a artigos selecionados e outros conteúdos premium com sua conta – gratuitamente.

Ao inserir seu e-mail e clicar em continuar, você concorda com os Termos de Uso e a Política de Privacidade da Fox News, que inclui nosso Aviso de Incentivo Financeiro.

Por favor insira um endereço de e-mail válido.

O TikTok de uma ex-funcionária do governo sobre seus rígidos protocolos de namoro enquanto trabalhava em uma posição delicada em Washington se tornou viral – e agora ela está compartilhando ainda mais informações sobre isso.

Brittany Butler, mãe de crianças pequenas que vive no Sul, é hoje ativa nas redes sociais, partilhando ideias e conhecimentos do seu tempo de trabalho na CIA como “oficial de seleção de alvos”.

Butler tocou recentemente em um tópico que está chamando a atenção no TikTok: namoro.

POR QUE ‘PEBBLING’ É A NOVA LINGUAGEM DO AMOR NAS MÍDIAS SOCIAIS INSPIRADA NOS PINGUINS

A autora em tempo integral discutiu em um vídeo que atualmente tem mais de 560.000 visualizações o que ela poderia ou não compartilhar com seus namorados enquanto trabalhava para o governo.

No vídeo, ela disse que teve dois namorados sérios em seus oito anos de trabalho na CIA.

A ex-funcionária da CIA trabalhou durante oito anos na agência antes de sair para se concentrar na vida familiar. (Brittany Butler)

O primeiro namorado, explicou ela, era mexicano-americano e estudante de direito em Harvard na época.

MULHER DE NOVA IORQUE TORNA-SE VIRAL NO TIKTOK APÓS IMPRIMIR 500 CARTÕES DE VISITA PARA AJUDAR UM AMIGO A ENCONTRAR UMA DATA

“Ele e eu namoramos durante nove meses e tive que contar à CIA que tinha um relacionamento sério com ele”, disse ela no vídeo do TikTok.

Ela acrescentou: “A regra é que quando você tem contato recorrente com um estrangeiro, você deve reportar isso à CIA”.

Ela teve que fornecer informações sobre as pessoas que viu enquanto trabalhava na CIA, disse Butler em seu vídeo. (iStock)

Butler disse que precisava fornecer ao então empregador o nome do namorado, a data de nascimento e um breve histórico.

Quanto ao que ela poderia compartilhar sobre seu trabalho com o namorado, Butler disse à Fox News Digital que diria aos homens que “era consultora do Departamento de Defesa, fazendo o trabalho parecer mundano para evitar mais perguntas”.

MULHER DE TORONTO ADOTA NOVA ABORDAGEM PARA NAMORO CARIMBA AS MÃOS EM BARES: ‘VOCÊ É BONITO, DEVERIA ME BATER’

“Em Washington, DC, muitas pessoas trabalham na defesa ou em cargos governamentais, então dizer que eu era uma ‘consultora governamental’ geralmente bastava e as pessoas sabiam que não deveriam investigar mais”, disse ela à Fox News Digital.

Brittany Butler e seu marido, mostrados aqui, se conheceram enquanto Butler trabalhava na CIA. (Brittany Butler)

Butler também começou a namorar o marido enquanto trabalhava na CIA.

Ela disse à Fox News Digital que os dois namoraram por cerca de quatro meses antes de ela compartilhar seu local de trabalho.

MULHER DE NOVA IORQUE FICA ‘MENINO SÓBRIO’ APÓS SENTIR-SE DESINFLACIONADA PELA CENA DE NAMORO: ‘ERA TÃO MISERÁVEL’

“Eu poderia conversar com ele sobre personalidades profissionais e se tive um dia bom ou ruim, mas isso foi tudo”, disse ela.

Butler visitou Bagdá em 2008, quando foi designada para a divisão do Iraque do Centro de Contraterrorismo da CIA, disse ela. (Brittany Butler)

Ela acrescentou: “Não pude discutir detalhes sobre minhas atividades operacionais devido à natureza clandestina do meu trabalho”.

“A regra é que quando você tem contato recorrente com um estrangeiro, você tem que reportar isso à CIA.”

Butler compartilhou em seu vídeo no TikTok que seu marido pôde visitar a sede da CIA, após fornecer seu número de Seguro Social, onde viu as áreas comuns.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO NOSSO NEWSLETTER DE ESTILO DE VIDA

Butler disse à Fox News Digital que começou como estagiária no Departamento de Estado na Embaixada Americana em Paris quando ainda estava no primeiro ano da Florida State University, depois passou a trabalhar na CIA em tempo integral.

Hoje, Butler é mãe de crianças pequenas e autora com a missão, disse ela, de mudar narrativas falsas sobre mulheres na inteligência. (Brittany Butler)

“Encorajada pelos mentores de lá, candidatei-me à CIA e fui recrutada como responsável pela CIA na Direcção de Operações”, disse ela.

A Fox News Digital entrou em contato com a CIA para comentar.

CLIQUE AQUI PARA OBTER O APLICATIVO FOX NEWS

Depois de uma série de entrevistas, testes padronizados, avaliações psicológicas e exames de polígrafo, Butler disse que se tornou oficial de seleção de alvos no Centro de Contraterrorismo da CIA – primeiro na divisão Iraque e depois no departamento Afeganistão-Paquistão.

“O ritmo das operações foi intenso e estressante”, disse ela. “Como mãe de dois filhos pequenos, achei um desafio manter um equilíbrio saudável entre vida pessoal e profissional.”

Uma ex-agente da CIA contou como namorou enquanto trabalhava para a agência governamental como oficial. (iStock/Brittany Butler)

Depois que Butler se tornou mãe pela segunda vez, ela decidiu que não queria que seus “meninos sofressem por ter uma mãe que estava sempre ausente”, então ela deixou a CIA em 2014 para se concentrar em sua família.

Hoje ela tem três filhos.

Para mais artigos sobre estilo de vida, visite www.foxnews/lifestyle

Butler é o autor de “The Syndicate Spy: A Juliet Arroway Novel”, um mistério publicado no ano passado. Ela disse à Fox News Digital que pretende “mudar as falsas narrativas sobre as mulheres na inteligência”.

Ela também está trabalhando em outro livro.



Source link