Home TECNOLOGIA Elon Musk escapa de pagar US$ 500 milhões a ex-funcionários do Twitter

Elon Musk escapa de pagar US$ 500 milhões a ex-funcionários do Twitter

17
0


A plataforma de mídia social anteriormente conhecida como Twitter tem estado no centro desde o início da aquisição de Elon Musk. Um desses processos diz respeito aos mais de 6.000 funcionários despedidos por Musk após a aquisição da empresa – e ao seu alegado não pagamento da indemnização integral. Ontem, Musk marcou sobre seus ex-funcionários.

O caso em questão é uma ação coletiva arquivado pela ex-funcionária do Twitter Courtney McMillian. A reclamação argumentava que, de acordo com a Lei federal de Segurança de Renda de Aposentadoria de Funcionários (ERISA), o Plano de Rescisão do Twitter devia aos trabalhadores demitidos três meses de pagamento. Eles receberam menos do que isso e pediram US$ 500 milhões em indenizações não pagas. No entanto, na terça-feira, a juíza distrital dos EUA, Trina Thompson, no Distrito Norte da Califórnia A moção de Musk para rejeitar a reclamação da ação coletiva.

O juiz Thompson concluiu que o plano de indenização do Twitter não se qualificava no ERISA porque eles receberam notificação de um esquema de pagamento separado antes das demissões. Em vez disso, ela rejeitou o caso, decidindo que o programa de indenização adotado após a aquisição de Musk era o que se aplicava a esses ex-funcionários, e não o de 2019 que os demandantes esperavam.

Esta decisão é um revés para os milhares de funcionários demitidos do Twitter, mas há chances futuras de eles ganharem pagamentos maiores. A ordem de Thompson observou que os demandantes poderiam alterar sua reclamação para reivindicações não-ERISA. Se o fizerem, Thompson disse que “este Tribunal considerará emitir uma ordem concluindo que este caso está relacionado a um dos casos atualmente pendentes” contra a X Corp/Twitter. Ainda há processos em andamento em nome de alguns ex-altos escalões do Twitter, um que busca indenizações não pagas e outro tenta recuperar honorários advocatícios não pagos.



Source link